Conceito de liderança: O que é liderança?

Conceito de liderança: O que é liderança?

Os desafios atuais das organizações exigem diferenciar o líder do chefe, que é aquela pessoa encarregada por uma tarefa ou atividade de uma organização e que, para tal, comanda um grupo de pessoas, tendo autoridade de mandar e exigir obediência.

Para os gestores atuais, são necessárias não só as competências do chefe, mas principalmente as do líder. Mas, o que é liderança?

Liderança é um campo convida a exploração e a descoberta. Olhando para o futuro,

a pergunta pode até ser mudada de O que é liderança? Para O que será liderança? No debate sobre líderes e liderança respostas já foram encontradas, mas muitas perguntas ainda permanecem.

Como um conceito geral e simplificado, podemos dizer que Liderança é o processo de conduzir um grupo de pessoas, transformando-o numa equipe que gera resultados. É a habilidade de motivar e influenciar os liderados, de forma ética e positiva, para que contribuam voluntariamente e com entusiasmo para alcançarem os objetivos da equipe e da organização.

O exercício da liderança e sua natureza tem sido objeto de estudo ao longo da sua história e evolução no tempo. Em 1974, Bernard Bass e Ralph Stogdill identificaram 3.000 estudos em liderança em sua primeira edição de ‘Handbook of Leadership’. Na edição de 1990 o número subiu para 7.000 e só se pode estimar que, se atualizada hoje, poderia conter mais de 12.000.Bernard Bass (2007) argumenta que "desde sua infância, o estudo da história tem sido o estudo dos líderes - o que e porque eles fizeram o que fizeram". A busca do ideal do líder também está presente no campo da filosofia. Platão, por exemplo, argumentava em A República que o regente precisava ser educado com a razão, descrevendo o seu ideal de "rei filósofo". Outros exemplos de filósofos que abordaram o tema são Confúcio e seu "rei sábio", bem como e seu "líder servo". Acadêmicos argumentam que a liderança como tema de pesquisa científica surgiu apenas depois da década de 1930 fora do campo da filosofia e da história.Treinemnto em coaching e liderança RH Gestao<br />
de Pessoas Comunicacao Neurolinguistica PNL

São diferentes escolas, vários autores e uma evolução no tempo, às vezes, muito marcante. Seguem alguns conceitos de liderança:

Liderança é ‘o comportamento de um indivíduo quando está dirigindo as atividades de um grupo em direção a um objetivo comum’ (Hemphill & Coons, 1957,p.7).

Liderança é ‘um tipo especial de relacionamento de poder caracterizado pela percepção dos membros do grupo no sentido de que outro membro do grupo tem o direto de prescrever padrões de comportamento na posição daquele que dirige, no que diz respeito à sua atividade na qualidade de membro do grupo’(Janda, 1960, p.35).

Liderança é ‘uma influência pessoal, exercida em uma situação e dirigida através do processo de comunicação, no sentido do atingimento de um objetivo específico ou objetivos’ (Tannenbaum, Weschler & Massarik, 1961, p. 24).

Segundo Tannenbaum, Weschler e Massarik (1961):

“Liderança é a influência interpessoal, exercida na situação e dirigida através do processo de comunicação humana, com vista à obtenção de um ou diversos objetivos específicos”

Liderança é ‘uma interação entre pessoas na qual uma apresenta informação de um tipo e de tal maneira que os outros se tornam convencidos de que seus resultados serão melhorados caso se comporte da maneira sugerida ou desejada’ (Jacobs, 1970, p.232).

Liderança é ‘o início e a manutenção da estrutura em termos de expectativa e interação’ (Stogdill, 1974, p.411).

Liderança é ‘o incremento da influência sobre e acima de uma submissão mecânica com as diretrizes rotineiras da organização’(Katz & Kahn, 1978, p. 528).

Liderança é ‘o processo de influenciar as atividades de um grupo organizado na direção da realização de um objetivo’ (Rouch & Behling, 1984 p.46)

Seguindo a mesma autora:

“Dois elementos parecem ser comuns a todas essas definições. Em primeiro lugar, elas conservam o denominador comum de que a liderança esteja ligada a um fenômeno grupal, isto é, envolva duas ou mais pessoas. Em segundo lugar, fica evidente tratar-se de um processo de influenciação exercido de forma intencional por parte de líder sobre seus seguidores”.

Adicionando Hollander (1978):

Segundo o grande guru da administração, Peter Drucker, diz:

"A única definição de líder é alguém que possui seguidores. Algumas pessoas são pensadoras. Outras, profetas. Os dois papéis são importantes e muito necessários. Mas, sem seguidores, não podem existir líderes."

"O líder eficaz não é alguém amado e admirado. É alguém cujos seguidores fazem as coisas certas. Popularidade não é liderança. Resultados sim!"

De acordo com o livro Liderança, de John Garner, liderança é o processo de persuasão, ou de exemplo, através do qual um indivíduo (ou equipes de liderança) induz um grupo a dedicar-se a objetivos defendidos pelo líder, ou partilhados pelo líder e seus seguidores.

Já Chiavenatto, define liderança como a influência interpessoal exercida numa situação e dirigida através do processo da comunicação humana à consecução de um ou de diversos objetivos específicos.

De acordo com Hersey e Blanchard, estudiosos do assunto, liderança é o processo de exercer influência sobre um indivíduo ou um grupo de indivíduos nos esforços para a realização de um objetivo em uma determinada situação. Lembrando que, influência é uma força psicológica, cujo objetivo é modificar o comportamento de uma pessoa de modo intencional, define Chiavenatto.

Em meio a tantos conceitos sobre liderança, hoje se faz necessário o desenvolvimento do conceito de lideranaça coaching. Assim vemos que, a liderança é uma necessidade em todos os grupos e trata-se de uma relação entre um indivíduo e o grupo. Portanto, essa relação só vai existir quando o grupo vê nesse líder, um controlador de meios para satisfazer suas necessidades, e assim segue-o, para ter um meio de aumentar as chances de alcançar seus objetivos e satisfazer suas necessidades e a metodologia de coaching oferece competências, ferramentas e técnicas para isso. 

Liderança coaching - O líder como coach

Na liderança coaching o líder deve contribuir para que seus liderados observem freqüentemente o seu próprio comportamento pessoal e profissional, buscando identificar os seus próprios pontos fortes e os pontos fracos, direcionando-os para a busca de melhorias contínuas, tanto no aspecto técnico quanto no comportamental. Precisa ajudar as pessoas a encararem a realidade e mobilizá-las para que façam mudanças, a assumirem a responsabilidade pelo próprio desenvolvimento e resultados para que façam hoje além do que fizeram ontem e para que despertem para novos desafios a cada dia.

Surge, então, a figura do líder coach, que se torna responsável pela ajuda ao individuo na identificação de suas próprias necessidades e oferece apoio no desenvolvimento das necessidades encontradas por cada colaborador inerentes ao seu desenvolvimento. Trata-se, portanto, de um profissional que se compromete, no âmbito de uma organização, a apoiar as pessoas que visam alcançar determinado resultado e se desenvolverem.

O termo coaching como conhecemos hoje dentro do campo de desenvolvimento tem sua origem no campo esportivo, através de Timothy Gallwey (1974 – EUA) utilizado como o processo de preparo de pessoas na elaboração de um auto-diagnóstico e aprimoramento de capacidades de raciocínio e análise, visando torná-las capazes de estabelecer metas, determinar prioridades e identificar as melhores soluções para os problemas pessoais e profissionais que se apresentam no dia-a-dia, como ter paciência, imparcialidade, responsabilidade, credibilidade, maturidade, flexibilidade, empatia e, o mais importante, gostar de gente.

O papel do líder coach é:

  • Líberar o potencial de cada indivíduo;
  • Mais do que ensinar é ajudar a aprender a aprender;
  • Incentivar as pessoas para o autodesenvolvimento;
  • Eliciar recursos pessoais para o alcance de metas;
  • Ajudar na melhor utilização dos recursos disponíveis;
  • Ouvir e ensinar;
  • Compartilhar responsabilidades;
  • Fazer perguntas que levem a reflexão e a ação;
  • Orientar as pessoas;
  • Direcionar para o futuro em direção a metas;
  • Sair do foco do problema e colocar foco na solução;
  • Saber reter talentos;
  • Estabelecer foco na tríade: Ação, desenvolvimento e resultados.

Sobre o autor do site vocevencedor.com.br:

Flávio Souza- Formador de Coaches da International Coaching Community – ICC e Lambent do Brasil - CEO da Você Vencedor Soluções Empresariais

Para mais informações: São Paulo  - (11) 9 9685 9137 / Região de Campinas / Circuito das Águas e Circuito das Malhas:: (19) 3898 1295 / (19) 9 9613 8836

atendimento@vocevencedor.com.br  – flaviosouza@vocevencedor.com.br

Sites:http://www.vocevencedor.com.br/

           http://www.flaviosouza.com.br/

Blogs:http://www.mensagensmotivacionais.com.br/

            http://www.osegredodosrelacionamentos.com.br/

Loja virtual:  http://www.lojavocevencedor.com.br/

Canal do youtube: http://www.youtube.com/user/VoceVencedor

Páginas no Facebook:

- Flávio Souza - http://www.facebook.com/profile.php?id=100003180718346

- Você Vencedor - http://www.facebook.com/pages/Voc%C3%AA-Vencedor-Alta-Performance-em-Coaching-e-Lideran%C3%A7a/262043597182742

- Cursos de Coaching: http://www.facebook.com/pages/Cursos-de-Coaching/215294041827190

Twiter:

- Flávio Souza - http://twitter.com/_flaviosouza

- Você Vencedor - http://twitter.com/vocevencedor

Skype: voce.vencedor

VISITE A LOJA DOS VENCEDORES: http://www.lojavocevencedor.com.br/

ASSISTA O VÍDEO: A FORÇA DO EXEMPLO - LIDERANÇA

#